0 comments

Quase 40% das pessoas se preocupam com algo em algum momento do dia – geralmente no começo da manhã ou no final do dia –, segundo pesquisa da Liberty Mutual Insurance. E um dos maiores gatilhos para a preocupação surgir é quando estamos vivendo uma situação que é nova em nossas vidas. Por isso, se a sua história como empreendedora está no começo, provavelmente você faz parte desses 40%, certo?

Ter a própria empresa vem com muitas preocupações e ansiedades. Desde as pequenas como “Será que eu fechei a janela do escritório?” até as maiores e, muitas vezes, exageradas como “Não sou uma profissional tão competente assim. Será que sou uma impostora?”, medos comuns e às vezes paralisadores, sobre os quais já escrevemos aqui no Mulheres Seguras. Atire a primeira pedra quem nunca perdeu o sono por causa de algum problema no trabalho!

É claro que se preocupar, até um certo nível, pode ter efeitos positivos: uma pessoa mais atenta a possíveis riscos consegue prevenir que eles aconteçam. Ao mesmo tempo, preocupação em excesso faz com que fiquemos em um estado contínuo de estresse, o que pode comprometer a saúde. Mas então como ter uma convivência saudável com as preocupações? Nós temos algumas dicas para você alcançar esse equilíbrio tão necessário:

  1. Reserve um momento do dia para pensar no que está preocupando você. Ficar remoendo o que causa ansiedade pode atrapalhar muito o seu dia, tirando o seu foco do trabalho e diminuindo a produtividade. Para evitar que isso aconteça, marque um horário na sua agenda para se preocupar, e esqueça das preocupações durante o dia. Pode parecer estranho, mas essa prática ajuda você a se focar no momento.

Com sorte, quando chegar a hora de se preocupar, grande parte das suas ansiedades já terão sido esquecidas, e assim você vai treinando o seu cérebro a entender que preocupações são adiáveis. A medida que isso for se tornando um hábito, não será mais nem necessário marcar uma hora para se preocupar: você vai se livrar naturalmente das preocupações enquanto estiver fazendo outras coisas.

  1. Analise a relevância das suas preocupações. Algumas preocupações vêm por conta de problemas e situações que estamos enfrentando, e que podem ser resolvidos. Já outras surgem em cima de questões maiores que, simplesmente, não temos como resolver. O psicólogo Robert Leahy, autor do livro The Worry Cure (A cura da preocupação, em tradução livre para o português), sugere, portanto, analisar as preocupações e dividi-las em produtivas e improdutivas.

Depois de identificar as produtivas, que têm solução, é preciso planejar o que será feito para afastá-las de nossas vidas. Quanto às improdutivas, tudo o que temos a fazer é aceitar que não temos controle sobre tudo, e tentar alcançar um convívio saudável com essas ansiedades. Aqui no Mulheres Seguras, já demos algumas dicas de como evitar que o estresse atrapalhe o seu dia a dia.

  1. Coloque as preocupações para fora. Sabe quando você divide um problema com alguém e sente aquele peso diminuindo nas suas costas? Pois é, ficar remoendo o que nos preocupa e não colocar para fora apenas piora as coisas. Por isso, uma ótima maneira de amenizar as ansiedades é externar elas de alguma forma: pode ser escrevendo num diário ou conversando com seus colegas e amigos.

Uma coisa é certa: não há como fugir das preocupações, especialmente quando você está vivendo uma experiência desafiadora como é o caso do empreendedorismo. É possível, porém, evitar que elas prejudiquem o seu trabalho e atrapalhem sua qualidade de vida, fazendo assim que você também viva, com tranquilidade, todas as coisas boas que vêm junto com o seu próprio negócio.

 

Para você se sentir mais segura:

Livro: The Worry Cure: Seven Steps to Stop Worry From Stopping You – Robert Leahy

Estudo: Worry Less Report – Liberty Mutual Insurance

Artigo: O estresse é inevitável? Aprenda a transformá-lo em um aliado – Mulheres Seguras

Comentários

Posts Relacionados

Há três anos, a ONU criou o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, comemorado em 19 de novembro,...

Já faz algum tempo que a rotina em escritórios, com horário definido e registro de ponto não é mais...

No final de 2015, a ONU divulgou uma lista de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Metas...

Leave a Reply