6 passos para criar uma sociedade de sucesso

Finanças  /   / Por Mulheres Seguras  /  Por
0 comments

Dizem por aí que uma sociedade é como um casamento. Para que funcione, é essencial que as duas partes estejam na mesma página, ou seja, compartilhem valores e sonhos. Com tudo funcionando às claras, a união de forças de uma parceria pode fazer o negócio progredir mais rapidamente e alcançar patamares mais elevados de qualidade. Já se a relação não estiver agradando aos dois lados, o impacto negativo sobre as atividades será marcante e poderá prejudicar definitivamente o futuro da empresa.

Assim como em um casamento, alguns fatores como as obrigações do dia a dia, o estresse e as dificuldades financeiras podem acabar desgastando a relação. Na teoria, portanto, uma parceria é ótima para alavancar a empresa, mas na prática isso pode ser muito diferente. Confira algumas dicas para evitar problemas comuns e garantir uma sociedade de sucesso.

1) Considerem mais do que a relação pessoal

Antes de fechar uma sociedade, é preciso levar diversos fatores em consideração. Um deles é a relação pessoal como o possível sócio. Um bom relacionamento é muito importante, mas não confunda amizade com parceria de sucesso. A relação profissional de vocês é que precisa funcionar – e nem sempre a amizade é capaz de garantir isso.

Para tentar acertar na sociedade, é muito importante que vocês tenham valores parecidos ou ao menos não conflitantes. É fundamental também que apresentem características pessoais e conhecimentos complementares e agreguem ao negócio de maneiras diferentes. Antes de fechar negócio, é interessante fazer uma boa pesquisa sobre as suas opções e as experiências profissionais anteriores do possível sócio.

2) Estejam cientes do que significa uma sociedade

Além de trabalharem bem juntas, as partes precisam estar preparadas para o fato de que irão dividir tanto a remuneração, quanto o poder de decisão dentro da empresa. Isso significa que as suas decisões não serão absolutas e precisarão ser compartilhadas. Além disso, é interessante que vocês consigam definir com clareza as responsabilidades de cada um no negócio, buscando aproveitar o melhor de cada profissional.  

3) Falem sobre dinheiro

Parece óbvio que sócios falem sobre dinheiro, mas não é tão simples assim. Da mesma maneira como as funções precisam estar bem definidas desde o começo, as remunerações também precisam estar. É essencial que vocês saibam separar o que é dinheiro pessoal e o que é da empresa: essa confusão é a receita para uma sociedade mal sucedida, como explicamos aqui no Mulheres Seguras. Ambos devem estar comprometidos com a formação de uma reserva financeira e proteção do capital da empresa.

4) Invistam em comunicação

Se tem uma coisa que precisa estar perfeitamente alinhada entre os sócios é a comunicação. Novamente funciona como em um casamento: cotidianamente é preciso que vocês conversem sobre as percepções e expectativas em relação ao negócio. Discutam também a satisfação de vocês com a maneira como as atividades estão fluindo. A confiança no trabalho um do outro precisa ser trabalhada no dia a dia.

5) Façam um contrato

A relação de confiança é fundamental para uma sociedade, mas é muito importante que as bases do negócio estejam documentadas em um contrato detalhado. A elaboração do acordo não deve ser entendida como desconfiança, mas como profissionalismo na condução das atividades. Nem tudo precisa estar no papel, mas os pontos principais sim, como remuneração, diretrizes de governança e formas de participação. O ideal é que isso seja feito com a ajuda de um profissional.

6) Definam uma estratégia de saída

Todo casamento pode vir a acabar e no caso de um término de sociedade é importante que as condições de saída fiquem definidas desde o começo, para que ninguém se sinta prejudicado no acordo final. Achar que uma amizade ou boa relação pessoal sempre salvará uma sociedade é um grande erro e, por isso, a criação de uma estratégia de saída pode evitar situações incômodas para ambos os lados.

Embarcar em uma sociedade com essas preocupações em mente pode fazer toda a diferença para o futuro do seu negócio. Por isso, escolha bem seu parceiro e trabalhem juntos para alcançarem seus objetivos.

 

Para você se sentir mais segura:

Don’t base business partnerships on personal chemistry  – Harvard Business Review

Avoid these 7 partnership killers  – Entrepreneur

5 things to do before saying “I do” to a business partner   – Entrepreneur

Comentários

Posts Relacionados

Foram meses de reuniões, projetos, networking, e você nem percebeu o ano passar. De repente,...

Estabelecer e seguir metas é parte essencial do empreendedorismo. Elas nos ajudam a planejar o...

Você já trabalha há algum tempo como freelancer mas sente que está faltando alguma coisa? Em meio a...

Leave a Reply