A grama do vizinho é sempre… uma inspiração

Inovação e Tecnologia  /   / Por Pedro Antunes
0 comments

Inovações surgem de mentes brilhantes o tempo todo, apesar de nem sempre ficarmos sabendo. Não é de hoje que muitas dessas inovações são pensadas e realizadas por mulheres empreendedoras. O LinkedIn lançou a lista Next Wave, com 150 profissionais, com 35 anos ou menos, que estão mudando a indústria com suas empresas, ideias e estilos de gestão em diversos setores.

Dos 150 profissionais destacados na Next Wave, 59 são mulheres. Um número que não chega a 40%, mas que mostra que, ainda assim, setores como moda, saúde e educação estão mudando graças aos esforços femininos. A lista mostra que as mulheres estão preparadas para fazer a diferença mesmo em indústrias predominantemente masculinas, como a automotiva e a de finanças. Selecionamos algumas dessas mulheres, que tiveram ideias incríveis e não tiveram medo de botar seus planos em prática. Quer ver?

01 02 03 0408
Marketing e Publicidade

Alguns dos negócios destacados são bastante inusitados. É o caso do app MikMak.TV, criado por Rachel Tipograph. Imagine um aplicativo no qual você assiste a vídeos de 30 segundos, sobre produtos como acessórios, gadgets e itens para a casa. Em seguida, você escolhe o que quer comprar e efetua a compra diretamente no aplicativo. Esse é o objetivo da criação de Rachel. Todas as noites, um novo “minimercial” é adicionado à plataforma, e todos os produtos custam menos de US$ 100.

Moda

As mulheres estão trazendo inovações e fortalecendo sua presença nos negócios de moda. Nem todo mundo gosta de enfrentar trânsito, lojas cheias e filas em shoppings. E Katrina Lake resolveu acabar com esse problema. O site Stitch Fix, criado por ela, é como um personal stylist online. Basta responder a um questionário sobre seu estilo para receber, em casa, peças de roupas escolhidas de acordo com suas respostas. Se não gostar de alguma peça, é só enviar de volta, e a cliente só paga pelo que decidir manter.

Educação e Impacto Social

Não costumamos ver muitas notícias sobre educação nos jornais e na TV. Foi com essa preocupação que nasceu a Chalkbeat, uma ONG de notícias criada por Elizabeth Green. Com o objetivo de dar espaço para notícias sobre o sistema educacional em Nova York, Tennessee, Indiana e Colorado, a organização já conduziu reformas em vários estados americanos.

Energia

Fontes de energia elétrica são um assunto complicado e, muitas vezes, polêmico. Mas Leslie Dewan e sua empresa, a Transatomic Power, pretendem solucionar problemas nesse setor. O objetivo da empresa é desenvolver um reator nuclear pequeno, seguro e eficiente, que vai transformar o lixo nuclear em energia elétrica. Impressionante, não é?

Gastronomia e Lazer

Cada vez mais contamos com sites e apps que ajudam a programar viagens. Compra de passagens, reservas de hotel, passeios, tudo isso leva tempo quando se tem muitas opções. Gillian Morris, de 29 anos, é fundadora do app Hitlist, que ajuda as pessoas a viajarem mais gastando menos. Basta preencher informações como datas, destino e orçamento para que o app apresente as melhores opções aos mais de 350 mil usuários.

 

0706 05 09 10
Saúde

Os avanços da medicina dependem, como a maioria das coisas, de dinheiro. Halle Tecco, de 29 anos, resolveu unir saúde e tecnologia ao lançar a Rock Health, uma empresa que angaria fundos para iniciativas tecnológicas que resolvam  problemas de saúde. Startups são as principais beneficiadas, como o CellScope, um dispositivo que transforma celulares em ferramentas médicas.

Finanças

Você sabia que apenas um em cada oito executivos do setor financeiro é mulher? Esse dado faz parte do estudo Women in Financial Services, realizado pela empresa de consultoria Oliver Wyman. Mas apesar da baixa representatividade, existem mulheres inovando na área. Aos 19 anos, Jessica Mah fundou a inDinero, uma empresa de software de contabilidade para pequenas empresas. No entanto, um ano depois do lançamento, a empresa ainda contava com apenas dois funcionários e poucos clientes. Mesmo assim, ela persistiu e, no ano passado, a empresa teve uma receita de US$ 2.9 milhões.

Mercado Imobiliário

Casas pré-fabricadas são a alternativa para muitas pessoas que querem comprar um imóvel. Maura McCarthy é cofundadora e vice-presidente de desenvolvimento de mercado da Blu Homes. A empresa de casas pré-fabricadas é considerada ecologicamente correta e se tornou a maior fabricante do tipo nos Estados Unidos. Depois de fabricadas na Califórnia, as casas são dobradas e transportadas por caminhão para seu destino.

Tech de Consumo

Todo mundo já precisou correr atrás de uma tomada quando a bateria do celular está em 1%, certo? Pois Meredith Perry é uma americana que  pretende acabar com esse problema. Ela é CEO e fundadora da uBeam e desenvolveu um sistema para mandar energia elétrica pelo ar. Apesar de alguns céticos, a empresa pretende lançar seu primeiro produto no ano que vem, e tem entre seus investidores a CEO do Yahoo, Marissa Mayer.

Recursos Humanos

Encontrar os profissionais certos para um cargo é um trabalho por si só. Joelle Emerson é CEO e fundadora da Paradigm, uma startup dedicada a aumentar as contratações de mulheres em altos cargos. Entre os clientes da Paradigm está o Pinterest, que pretende aumentar em 30% as contratações de engenheiras até 2016. Outra iniciativa que pretende mudar o cenário atual é o Girls in ICT Day, que incentivam a entrada de mulheres no setor da tecnologia, na tentativa de deixar a atual percentagem de 30% de mulheres no ramo para trás.

Todas essas mulheres estão, efetivamente, mudando as indústrias em que trabalham. E no Brasil não é diferente, como falamos aqui. Suas ideias e seu trabalho são inovadores, ousados e cada vez mais importantes não só para seu sucesso, mas para uma sociedade mais tolerante e um mercado de trabalho que valorize o empreendedorismo feminino. Parabéns para elas e para você, que faz a diferença independentemente do setor do seu negócio.

Comentários

Posts Relacionados

Que mensagem você quer passar para o mundo? Nem todos têm a resposta para essa pergunta na ponta da...

Você passa o dia fazendo reuniões, fechando projetos, acompanhando e-mails, e ainda precisa se...

Não há nada como deixar um cliente satisfeito, ou ver que o seu trabalho fez alguém sorrir. Ter...