0 comments

Virada de ano é sinônimo de metas a cumprir e novos planos para traçar. Ao mesmo tempo, equilibrando acontecimentos típicos do período, que impactam a vida pessoal e nos negócios, como pagamento do 13º salário, recesso, férias escolares e agenda agitada. É em épocas como esta que o nível de estresse e ansiedade  aumentam e podem se tornar algo mais sério. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 9,3% dos brasileiros têm sintomas de ansiedade. O número, três vezes acima da média mundial, coloca o Brasil no topo do ranking de ansiosos. Se você se identifica, o Mulheres Seguras lista hábitos que ajudam a vencer a ansiedade:

CONTINUAR LENDO

1 – Buscar um propósito

Cuidar do animal de estimação, fazer trabalho voluntário, dar mentoria a um estudante. Encontrar um propósito traz mais sentido às nossas ações e, se ele estiver relacionado ao bem-estar de outra pessoa, você tem a chance de “dar um tempo” de pensar apenas em si mesmo – e nas causas de sua ansiedade. Além disso, o sentimento de importância libera serotonina, hormônio conhecido como “substância da felicidade” pela função de regular o humor.

2 – Dormir bem

Se deitar a cabeça no travesseiro faz suas ideias dispararem, a hora de dormir pode tornar-se um pesadelo, como para a maioria dos ansiosos. Aproveitar as horas de descanso é importante para diminuir o estresse, por isso, a principal dica é ocupar a mente. Deitado na cama, leia um livro, ouça música ou medite. Só não vale tentar driblar a insônia usando o celular: o aparelho e as redes sociais têm o efeito contrário!

3 – Conversar com alguém

Às vezes, é preciso que outra pessoa nos lembre que o sucesso nem sempre é uma linha reta. Dividir as preocupações com um amigo, familiar ou coach é importante e, da conversa, pode surgir uma nova forma de olhar para o problema ou um conselho inspirador para superá-lo. A atenção de um profissional de saúde, como terapeuta, também é essencial para superar os distúrbios de ansiedade.

4 – Praticar atividades físicas

Exercitar o corpo estimula a produção natural de endorfina, responsável pela grande sensação de bem-estar e relaxamento. Liberado no corpo, o hormônio aumenta a resistência física e mental, regulando também as emoções e a ansiedade. Experimente começar praticando 30 minutos por dia de exercícios aeróbicos, como caminhada ou corrida, boxe, dança ou pedalada.

5 – Sem esquecer de cuidar da mente

“Mente sã num corpo são”. Entender a própria mente e o que a afeta é um dos caminhos para controlar a ansiedade, e a prática de meditação ajuda nessa busca por harmonia.  “Atenção plena” é uma tradução para a técnica de mindfulness, um estímulo a desconectar de outros assuntos e concentrar todo o foco na ação realizada naquele momento. Assim, você se afasta de pensamentos que podem ser fonte de estresse ou ansiedade, alcançando autocontrole e mais eficiência.

 

Para você se sentir mais segura:

Ansiedade: 5 formas de se sentir menos ansioso – Revista Galileu

O que é mindfulness e por que você precisa dele? – Mulheres Seguras

RECOLHER

Comentários

Posts Relacionados

Sabe aqueles dias em que você acabou de acordar, mas já sente que tudo será ótimo? As primeiras...

Você, empreendedora, deve estar enfrentando um dilema: seguir no comando da sua empresa, ou...

Já faz algum tempo que a rotina em escritórios, com horário definido e registro de ponto não é mais...

Leave a Reply