0 comments

Vários setores profissionais têm expressões e jargões próprios, e a indústria de seguros não é diferente. Por isso, quando chegar a hora de contratar um seguro para a sua empresa, é importante que você esteja familiarizada com esse vocabulário para fazer escolhas mais seguras quando for fechar o negócio com um corretor.

Cada produto oferece coberturas e serviços específicos e é aí que começam a surgir algumas palavras que talvez sejam desconhecidas para você. Os termos vão de palavras mais simples e fáceis de entender, como “apólice”, “sinistro” e “risco”, até as mais inusitadas, como “responsabilidade civil” e “emolumento”.

Abaixo, você confere as palavras – e seus significados – que provavelmente vão aparecer durante a contratação do seguro da sua empresa. Se você for conversar com o corretor com esses termos já desvendados, o processo pode se tornar ainda mais fácil:

Apólice
É o documento que traz todos os dados do segurado, do bem segurado e das coberturas que forem contratadas. Além disso, a apólice apresenta os direitos e deveres das partes envolvidas na contratação do seguro.

Sinistro
É o termo usado para definir qualquer evento previsto e coberto pela apólice de seguro, e que cause danos materiais ou pessoais ao segurado.

Risco
É qualquer evento que possa se tornar um sinistro, que resulte em prejuízo econômico, e que o seguro visa cobrir.

Cobertura
É a garantia de indenização ao segurado (e seus beneficiários) do prejuízo decorrente de um sinistro ou risco, desde que previsto no contrato do seguro. Ou seja, são os riscos ou materiais, que o que o seu seguro protege. Por exemplo, quem contrata o Liberty Comércio e Serviços tem cobertura contra incêndios, danos elétricos, quebra de vidros, entre outros. Além disso, alguns seguros oferecem coberturas personalizadas para a situação do cliente. O Liberty Restaurantes e Bares, por exemplo, oferece cobertura para equipamentos e utensílios de cozinha.

Salvados
São os objetos resgatados de um sinistro e que ainda têm valor econômico. Eles passam a ser da seguradora, mediante pagamento de indenização ao segurado.

Carência
É o tempo que demora para que o segurado possa fazer uso do produto contratado. Normalmente, alguns seguros têm diferentes períodos de carência para o uso de determinadas coberturas ou serviços.

Responsabilidade Civil
É a obrigação de reparar um dano causado a outra pessoa, ou a um bem de outra pessoa. Normalmente, a reparação é feita através de indenização financeira. Imagina se você é dona de um salão de beleza, e uma funcionária erra a química do cabelo de uma cliente. Aí entra a cobertura de responsabilidade civil, para esse e outros acidentes com os clientes, causados por um profissional da empresa. Por isso, um seguro como o Liberty Salões de Cabeleireiros, que contém coberturas de responsabilidade civil, é uma ótima opção.

Emolumentos
São os custos adicionais cobrados do segurado, correspondentes aos impostos e outros encargos, como o custo de apólice.

Franquia
É um valor fixo, definido na apólice, que deve ser pago pelo segurado em caso de sinistro. Esse valor é pago mesmo que o sinistro seja coberto pela seguradora, e depende das disposições do contrato.

Prêmio
É o valor pago à seguradora para que ela garanta a cobertura do risco a que o segurado está exposto.

Essas são as principais palavras e expressões que, sem dúvida, vão aparecer quando você for contratar um seguro pessoal ou empresarial. Existem vários outros termos, mas se você entender os que listamos, já está preparada para conversar com um corretor e negociar a contratação com muito mais segurança. Se você tem dúvidas sobre outras palavras do mercado de seguros, deixe um comentário abaixo!

Comentários

Posts Relacionados

Não existe momento melhor para tirar os projetos do papel do que o início de um novo ano –...

O empreendedorismo feminino é um movimento importante para a independência e o empoderamento das...

Pode ser a demanda que aumentou e mostrou a você que o negócio pode crescer ainda mais. Pode ser...

Leave a Reply