Por que as mulheres têm cada vez mais força

Isso me Inspira  /   / Por Mulheres Seguras  /  Por
0 comments

Você já ouviu falar em igualdade de gênero tanto quanto ouve hoje?

Essa discussão tem conquistado cada vez mais espaços – desde empresas, até a mídia e a política. Celebridades têm advogado abertamente sobre a causa, e a busca pelo empoderamento da mulher atingiu filmes e séries. Sim, os desafios da desigualdade de gênero ainda são constantes, mas temos várias motivos para acreditar que estamos conquistando nosso espaço em direção a um mundo com oportunidades mais iguais para todos. Entenda por quê: 

CONTINUAR LENDO

Temos mais voz

Mulheres brasileiras têm se unido para reivindicar direitos, – o crescimento de manifestações nos últimos anos,  apontado no relatório Compromisso Inegociável, da Think Eva, comprova isso. E, com o apoio de celebridades com milhões de seguidores, que aderiram movimentos recentes que tomaram as ruas brasileiras, amplificamos nossa voz. Essa transformação passa também por outros países: de abril de 2017 a janeiro de 2019, 263 CEOs, celebridades e políticos foram abertamente acusados de assédio sexual nos Estados Unidos graças aos movimentos Time’s Up e #MeToo, que ganharam visibilidade com atrizes e outras personalidades de Hollywood se unindo à causa.

Estamos retomando o nosso lugar no mercado

A presença cada vez mais forte das mulheres no mercado também tem contribuído para essa onda de mudanças. Mais de 24 milhões de empreendedores no Brasil são mulheres, número praticamente igual ao de empreendedores homens. Ou seja, se ainda falta para conquistarmos igualdade em cargos de liderança, compensamos criando novos caminhos em busca de protagonismo no mercado, fortalecidos por um número crescente de fóruns e iniciativas que buscam fortalecer essa busca. É o caso do Plano Feminino, que conversou com o Mulheres Seguras aqui, e da Impulso Beta, focada no desenvolvimento da mulher no mercado. E tudo indica que vamos virar esse jogo, com futuras CEOs e empreendedoras estão em formação: 76% das redações de nota 1000 no último Enem foram escritas por mulheres.

O mundo inteiro está lutando com a gente

Lutar por representatividade no mercado e pela valorização de nossas causas é um trabalho duro e lento, mas não estamos mais sozinhas nessa. A busca por igualdade, apoiada no empoderamento feminino, tem impactado temas de filmes, séries e até de estampas de camiseta. Empoderar as mulheres virou, literalmente, moda, e não é precisa procurar muito para achar roupas com frases relacionadas ao “girl power” em marcas populares de roupas. Vemos essa preocupação também refletida na indústria do entretenimento, com a nova saga de Star Wars protagonizada por uma mulher – o filme mais recente bateu recordes no Teste de Bechdel, que mede a representação feminina na ficção -; nos lançamentos de filmes com heroínas, como Mulher-Maravilha e Capitã Marvel, das duas gigantes dos quadrinhos DC Comics e Marvel; e em manifestações mais sérias como a recriação do clássico distópico de Margaret Atwood na série premiada The Handmaid’s Tale, que será exibida também em canais da Globo.

Quando uma empreendedora encontra um fórum para receber apoio de outras empresária ou conhece um portal como o Mulheres Seguras, temos o mesmo combustível da menina que se vê representada como heroína para seguir vencendo os obstáculos que nos separam da igualdade de gêneros. Vamos juntas?

Para você se sentir mais segura:

2018: o primeiro ano do resto das vidas das mulheres – Estadão

Report: Compromisso Inegociável – Think Eva

Por que igualdade de gêneros é boa também para os homens – Mulheres Seguras 

RECOLHER

Comentários

Posts Relacionados

O Plano de Menina tem um objetivo: conectar meninas a conteúdos transformadores compartilhados por...

Para Cinzia Brunetto, de 48 anos, tudo começou como atividade de renda extra, em 2011, vendendo...

Você, mulher, já se pegou pensando em como encarar a “jornada dupla”? Ou tripla – e por aí vai...

Leave a Reply