Cinco dicas para melhorar a sua relação com o dinheiro

Desenvolvimento Pessoal  /   / Por Mulheres Seguras  /  Por
0 comments

Saber administrar o dinheiro é essencial. Isso não significa perder o sono ou gastar horas fazendo contas para não acabar o mês no vermelho. Confira nossas dicas para assumir o controle das finanças, e empoderar-se, na vida pessoal e nos negócios.

CONTINUAR LENDO

1 – Estabeleça objetivos
Tudo começa pensando em metas de curto, médio e longo prazo, e em como a administração das finanças vai ajudar a alcançá-las. Isso permite conduzir seu negócio e sua vida com mais clareza e segurança, mas trace objetivos realistas – apesar de um certo sacrifício financeiro ser comum, metas inalcançáveis podem fazer você desistir no meio do caminho.

2 – Separe as contas da empresa de seus gastos pessoais
Este é um desafio comum, principalmente para quem dá os primeiros passos no empreendedorismo. Às vezes, o negócio ainda não decolou, e dá vontade de colocar mais dinheiro no fluxo de caixa. Em outras, os lucros começam a aparecer, e o instinto é pegar uma fatia maior para si. Mas estabelecer limites claros entre o que é da empresa e o que é seu é fundamental para a organização financeira. Considere a si mesma como uma funcionária, com salário fixo, que deve ser usado para benefícios pessoais.

3 – Crie um fundo de reserva
Para fugir de imprevistos, que levam ao impulso de misturar finanças pessoais e corporativas, busque criar um fundo de reserva para responder rapidamente à qualquer emergência. O ideal é que seja feita uma análise das receitas e custos, para assim determinar o quanto será necessário economizar. O recomendado é conter despesas, renegociar eventuais débitos e, então, definir um percentual do faturamento da empresa ou da renda mensal para começar a guardar. Muitas pessoas investem esse dinheiro com o objetivo de rentabilizá-lo e as melhores opções de investimento são aquelas que permitem que o valor seja sacado, como a poupança ou títulos do Tesouro Direto.

4 – Organize seu planejamento financeiro
Calcule gastos e receitas, monitore pontos de atenção, como cartões de crédito e cheque especial, faça projeções e, claro, implemente novos hábitos. Isso é muito importante para construir seu planejamento financeiro e uma base para uma vida equilibrada.

Com as informações bancárias e do cartão de crédito a um clique pelo celular, é cada vez mais fácil ficar de olho no balanço. Além disso, use a tecnologia a seu favor e aproveite recursos como a boa e velha planilha de Excel, ferramentas gratuitas de gestão para empreendedores, como a Orçamento Base Zero, e aplicativos de finanças, como o Guia Bolso e o Mobills.

5 – Atualize-se sobre educação financeira
Apesar de não aprendermos isso na escola, educação financeira é importante para a vida e para os negócios, não importa sua área de atuação. Por isso, mantenha-se sempre em movimento, buscando conhecer mais sobre como administrar o dinheiro. Cursos (B3e CVM), livros, portais de internet e canais no YouTube (Me Poupe e Finanças Femininas) são boas fontes de informação para estimular o pensamento crítico. Mas aprender significa, também, que não tem problema se você não dominar todos os assuntos e preferir buscar ajuda para isso. O importante é estar no controle das finanças e saber tomar decisões acertadas.

RECOLHER

Comentários

Posts Relacionados

Virada de ano é sinônimo de metas a cumprir e novos planos para traçar. Ao mesmo tempo,...

Sabe aqueles dias em que você acabou de acordar, mas já sente que tudo será ótimo? As primeiras...

Não importa se você empreende ou é funcionária de uma empresa: retornar ao trabalho após tornar-se...

Leave a Reply