Igualdade de gênero: essa luta também é sua

Mulheres Seguras  /   / Por Mulheres Seguras  /  Por
0 comments

O Dia Internacional da Mulher foi adotado pelas Nações Unidas em 1977, mas já era comemorado antes disso. Muito mais do que uma data para receber flores em casa ou no trabalho, esse dia marca a luta das mulheres por melhores condições profissionais e de vida. Apesar de tudo o que já foi conquistado até hoje, ainda falta muito para as mulheres alcançarem igualdade com os homens, em todos os aspectos.

Cada vez mais, a igualdade de gênero tem recebido destaque, tanto na mídia quanto em manifestações no Facebook ou em mesas de bar. A vida profissional costuma ser o foco dessas discussões, devido à diferença entre oportunidades, salários, promoções e acesso a cargos de alto nível entre homens e mulheres. As mulheres ganham, em média, 70% do salário dos homens para fazer o mesmo trabalho. Apesar disso, pesquisas mostram que, muitas vezes, elas são melhores qualificadas e investem mais em educação para melhorarem suas carreiras. Ainda assim, quem é mulher encontra obstáculos para avançar no trabalho, como falamos aqui.

Não é só em empresas que a discussão vem tomando força. Até mesmo atrizes de Hollywood, como as ganhadoras do Oscar Jennifer Lawrence e Meryl Streep, fizeram recentemente discursos sobre a diferença de salários entre atores e atrizes no cinema. Os protestos, que ganharam a atenção da mídia, mostraram os primeiros sinais de resultado quando o governador da Califórnia, Jerry Brown, assinou uma lei que altera o chamado Fair Pay Act (ou Ato de Pagamento Justo) para eliminar a diferença de salários no estado. No Brasil, também temos grandes defensores da igualdade de gêneros. Elisangela Almeida, por exemplo, trabalha com a ONU pelo empoderamento econômico das mulheres.

No entanto, a desigualdade está presente em todas as esferas da sociedade, não apenas no mercado de trabalho. E a solução para esse problema, infelizmente, não é nada simples. De acordo com a previsão do Fórum Econômico Mundial, se as mudanças seguirem no ritmo que estão, a igualdade entre homens e mulheres só será uma realidade em 2095. Isso não quer dizer que o mundo e a mentalidade das pessoas não estejam mudando, mas, sim, que estão mudando muito lentamente.

O que muita gente não percebe, é que a igualdade não traz apenas benefícios para as mulheres e os homens individualmente. Um estudo do McKinsey Global Institute, realizado no ano passado, mostrou que a igualdade entre gêneros aumentaria o PIB mundial em US$ 12 trilhões até 2025. Para o Brasil, a mudança representaria, em dez anos, um crescimento de US$ 850 bilhões, ou de 30%, somando as regiões Nordeste e Sul do país.

Para que as coisas acelerem, e essas mudanças se tornem realidade, primeiro, é preciso que todos entendam que a igualdade de gêneros, como o próprio nome diz, não é apenas uma luta feminina. Além disso, é importante que todas as mulheres percebam que a desigualdade está em atividades cotidianas, como o acúmulo de trabalhos domésticos pelas mulheres, a divisão de profissões entre tipicamente “masculinas” ou “femininas”, a definição de brinquedos ou roupas de determinadas cores para crianças, a diferença entre as licenças de maternidade e paternidade, e o acesso a cargos políticos.

Com tudo isso em mente, é preciso que todos reflitam e se questionem sobre o seu papel na promoção da igualdade de gêneros. E você, enquanto empreendedora, está em uma posição privilegiada para fazer as coisas mudarem. Sua empresa pode tomar diversas medidas para que mulheres e homens tenham as mesmas oportunidades, os mesmos direitos e deveres, e a mesma remuneração, e sejam respeitados da mesma forma. Você tem a chance de lutar pela igualdade de gêneros e inspirar outras mulheres e homens a fazerem o mesmo. Faça sua parte!

 

Para você ficar mais segura:

Artigos: Você provavelmente não estará viva para ver igualdade entre homens e mulheres no mercado de trabalho – BBC Brasil

Gêneros diferentes, direitos iguais! – Educar para Crescer

Vídeo: Porque a igualdade de gênero é boa para todos – incluindo os homens – TED Talk

This Powerful Video Essay Highlights Gender Inequality In Hollywood – IndieWire

Comentários

Posts Relacionados

A Andressa, nossa funcionária e influencer do programa Liberty Mulheres Seguras, traz algumas...

A Cristara, nossa funcionária e influencer do programa Liberty Mulheres Seguras, dá algumas dicas...

A Thamy Fussiger, nossa funcionária e influencer do programa Liberty Mulheres Seguras, compartilha...

Leave a Reply